O anjo sorridente do rio Yangtze

 

“O boto do índico se tornou um símbolo do grande rio Yangtze na China, ocupando-o há milhares de anos. E, no entanto, existem menos de 1.000 deles na natureza. Mas, com a ajuda da tecnologia de ponta Hikvision, um novo esforço dedicado à conservação pode mudar o destino desse anjo em perigo.”

 

 

2006 foi um ano triste para a vida marinha e, de fato, para toda a vida animal em todo o mundo. Foi no final deste ano que o golfinho Baiji, nativo do rio Yangtze na China, foi declarado funcionalmente extinto: a primeira desse tipo de extinções no mundo, por mais de 50 anos. Também foi possivelmente o primeiro golfinho da história a ser retirado da existência devido à atividade humana.

 

Após essa terrível atrocidade, só podemos aprender com nossos erros. Felizmente, é exatamente isso que está acontecendo hoje no Yangtze, por meio de esforços dedicados à conservação do boto do índico no Yangtze.


Mais ameaçado que o panda gigante

 

Conhecido na China como "O Anjo Sorridente", por seu sorriso permanente, o boto do índico do Yangtze é um primo próximo dos Baiji e o único mamífero aquático que resta no rio Yangtze. Infelizmente, esta bela criatura, semelhante a um golfinho, foi identificada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como ‘criticamente em perigo’. Apenas cerca de 1.000 restaram no rio Yangtze e nos lagos adjacentes a partir de 2017.

 

Para contextualizar, há menos botos do índico no Yangtze do que pandas gigantes na natureza.

 

O risco dessa espécie se deve, em grande parte, aos mesmos problemas que tornaram os Baiji extintos. Primordialmente, o excesso de pesca está reduzindo drasticamente o suprimento de comida do boto, mas a poluição também desempenha seu papel, juntamente com as colisões, devido ao aumento do tráfego de barcos no rio.


Hikvision: tecnologia poderosa para uma conservação mais inteligente

 

Para ajudar a enfrentar a crescente ameaça à população dos botos, o Projeto Yangtze Finless Porpoise Conservation foi lançado em maio de 2019. Esta é uma colaboração entre o governo chinês e uma variedade de organizações, incluindo o Fundo Mundial para a Natureza, o Fundo One Planet – e nós da Hikvision.

 

Nossa tecnologia de vigilância é uma parte essencial do trabalho de conservação e duas soluções Hikvision estão sendo utilizadas: a primeira sendo nossas câmeras subaquáticas. Essas câmeras anti corrosão de alta resolução, permitirão que os conservacionistas mergulhem virtualmente 24 horas por dia, 7 dias por semana, em todo o habitat aquático dos botos, monitorando o ambiente de perto e coletando dados valiosos sobre o comportamento natural dos animais na natureza.

 

O projeto também está utilizando nossos veículos aéreos não tripulados, juntamente com as câmeras Hikvision de alta resolução, para patrulhar o habitat de forma eficiente a partir de cima. A população de botos está localizada dentro do principal canal do rio Yangtze, no centro e no leste da China. Esse tipo de tecnologia de ponta é, portanto, extremamente valioso para o monitoramento eficiente de uma área tão ampla.

 

Conservação = colaboração

 

Proteger espécies ameaçadas de extinção, como o boto do índico do Yangtze, deve ser um esforço colaborativo. Governos, empresas, ONGs e outras organizações sociais precisam trabalhar juntos para impedir a extinção da preciosa fauna do nosso planeta.

 

Nos últimos anos, a Hikvision tem se engajado cada vez mais em iniciativas de desenvolvimento sustentável. Estamos orgulhosos de que nossa tecnologia esteja sendo usada para ajudar a monitorar e proteger uma variedade de animais em extinção, incluindo pandas, tigres siberianos e gansos. Muitas dessas espécies estão na Terra há centenas de milhares de anos. Através de nossos esforços de colaboração, esperamos que eles permaneçam protegidos por muitos, muitos anos mais por vir.


Descubra mais

 

A Hikvision está comprometida em explorar o poder da tecnologia a fim de garantir a sustentabilidade e a biodiversidade do mundo. Para saber mais sobre nossas soluções de monitoramento remoto e o valor que elas podem oferecer à conservação, visite aqui, ou entre em contato conosco em GLOBALPR@hikvision.com.

 

Você pode assistir a um vídeo do nosso trabalho de conservação do boto do índico do Yangtze aqui.

Este site usa cookies para armazenar informações no seu dispositivo. Os cookies ajudam nosso site a funcionar normalmente e nos mostram como podemos melhorar sua experiência de usuário. Ao continuar a navegar no site, você concorda com nossa política de cookies e política de privacidade.

Contato